Pontos Turísticos

Igreja de São Bento

Fundada em 1660, no povoado de São Bento, é um marco da história da cidade. Em estilo barroco, suas ruínas ficam no ponto mais elevado da área, destacando-se na paisagem.

Forno do Cal

Localizado no estuário do Rio Timbó, destacou-se em meados do século passado produzindo cal para a lavoura de cana-de-açúcar.

Matriz de São José ou Paroquial de São José - Padroeiro da Cidade

Em 1885 começa a construção da capela de São José ainda no lugarejo Maricota. Por determinação do então recém-nomeado arcebispo de Olinda e Recife, Dom Hélder Câmara, em 1965 a capela passa a categoria de matriz. Somente em 25 de abril de 1983, por um projeto de lei, o dia 19 de março, passa a ser feriado municipal.

Porto Jatobá

Data de 1647 a referência mais antiga relacionada a essa típica colônia de pescadores. Está localizada na área de preservação rigorosa da Reserva Ecológica de São Bento (Zona Leste).

Terra do Rei da Ciranda

Antonio Baracho da Silva, o mestre Baracho, nasceu em Nazaré da Mata, interior de Pernambuco, em 1907, mas residiu quase toda sua vida no bairro de Caetés, em Abreu e Lima. Morreu em 1988. O maior mestre de ciranda do Estado, também conhecido como Mestre de Maracatu, teve suas cirandas gravadas por artistas como Capiba, Martinho da Vila, Nelson Ferreira, Teca Calazans, Geraldo Azevedo e a cirandeira Lia de Itamaracá. Hoje suas músicas estão sendo preservadas por suas filhas, Dulce e Severina Baracho, moradoras da cidade.